Formação em Agricultura Biológica

Programa

Ação 1 – A agricultura biológica, o solo e a fertilização das culturas (12horas – 2 dias)

Conceitos de agricultura biológica (6h-1ºdia)

1.1.      Conceitos, princípios, fundamentos e práticas
1.2.      Qualidade, soberania alimentar e modo de produção agrícola
1.3.      Regulamentação europeia e rotulagem dos produtos
1.4.      A agricultura biológica em Portugal e no Mundo
1.5.      Controlo e certificação da agricultura biológica
1.6.      Conversão à agricultura biológica
1.7.      Biodiversidade e sustentabilidade ambiental da agricultura
1.8.      Recursos genéticos – variedades regionais e produção de sementes em agricultura biológica
1.9.      Custos de produção e sustentabilidade económica da agricultura biológica
1.10.    Ameaças à agricultura biológica – os organismos geneticamente modificados
1.11.    Ameaças à agricultura biológica – poluição química da água, do solo e dos organismos auxiliares
1.12.    As alterações climáticas e a agricultura biológica 

Fertilidade do solo e fertilização das culturas – parte 1 (6 h-2º dia)

2.1. O solo, um recurso natural escasso – erosão e conservação do solo agrícola
2.2. As bases da fertilidade – o solo vivo e a planta
2.3. Interações plantas e microrganismos
2.4. O solo como reserva de nutrientes. Análises de terra
2.5. Plantas indicadoras da fertilidade do solo
2.6. Práticas prioritárias de fertilização e melhoria da fertilidade do solo
2.7. Adubos verdes, arrelvamento e fixação biológica de azoto
2.8. Rotações e consociações
2.9. Empalhamento e trabalho do solo (P)
2.10. Compostagem de resíduos agrícolas, agro-industriais e florestais

Sessão prática

2.9. Empalhamento e trabalho do solo

Ação 2 – A agricultura biológica, a adubação e a proteção das culturas

Fertilidade do solo e fertilização das culturas – parte 2 (6 h)

2.11. Práticas complementares de fertilização – fertilizantes autorizados
2.12. Fertilizantes orgânicos – qualidade, armazenamento e condições de aplicação
2.13. Fertilização das plantas – necessidades da planta e adaptação da cultura ao solo
2.14. Correcção orgânica e mineral do solo – adaptação do solo à cultura
2.15. Carências minerais e análises foliares
2.16. Fertilização azotada das culturas – fertilização base e complementar
2.17. Adubação mineral
2.18. Rega e qualidade da água

Módulo 3 – Protecção fitossanitária (6h)

3.1. Pragas, doenças e suas causas
3.2. Práticas prioritárias de protecção das plantas
3.3. Insetos e ácaros auxiliares – identificação e limitação natural de pragas
3.4. Limitação natural de pragas – valorização da actividade dos auxiliares
3.5. Sebes vivas e limitação natural de pragas
3.6. Biofumigação e solarização do solo
3.7. Barreiras de proteção
3.8. Luta biológica
3.9. Confusão sexual
3.10. Captura em massa e luta atracticida
3.11. Estimativa do risco e nível económico de ataque
3.12. Práticas complementares de protecção – produtos fitofarmacêuticos autorizados (P)

Sessão prática

3.12. Práticas complementares de protecção – produtos fitofarmacêuticos autorizados

O Formador

Jorge Ferreira

Jorge Ferreira

Formado em Engenharia agronómica pelo Instituto Superior de Agronomia de Lisboa em 1991, trabalhou na assistência técnica aos agricultores, ao serviço da Agrobio, associação que ajudara a fundar em 1985. Mais tarde fundou a empresa AGRO-SANUS, empresa de serviços de assistência técnica à agricultura biológica, onde actualmente trabalha. Tem participado em parceria ou como consultor em diversos projectos de experimentação, demonstração e desenvolvimento rural, nos temas da compostagem, horticultura, fruticultura, olivicultura, sempre em produção biológica. Foi professor convidado na Escola Superior Agrária de Coimbra e também no Mestrado e Pós-graduação de Agricultura biológica das Universidades de Lisboa, Évora e Trás-os-Montes. É actualmente professor convidado no Instituto Superior de Agronomia na disciplina de Agricultura biológica. É ainda pomicultor biológico no extremo nordeste do Ribatejo, junto ao rio Zêzere, na terra da sua “sócia”, Guilhermina Cotrim.

Membro: IFOAM-Organics International
http://www.agrosanus.pt