Próximo Workshop

30 de Março em Lisboa

Próximo Curso

2 e 3 de Abril na Covilhã

Design Feeling é uma abordagem criada por Giulio Vanzan e Fernanda Resende que investiga o corpo como uma forma de relação e de compreensão do mundo e expressão da subjetividade individual, através da criação de máscaras gráficas, canalizando essas experiências para a criação de projetos, layouts visuais e espaços, levando o design para o seu objetivo mais elevado: uma disciplina através da qual nós criamos o mundo que desejamos.

Consideramos o design como um campo de aplicação, onde toda a existência humana, as suas necessidades – biológicas, intelectuais, espirituais e físicas, têm de ficar em primeiro lugar na criação de espaços, produtos, processos, formas, sistemas, harmonizando as necessidades do indivíduo com as da comunidade e do planeta.

Procuramos a sabedoria do corpo, proporcionando a (re)ligação do indivíduo com o espaço, a forma e as suas relações, para amplificar as percepções, as capacidades, competências e práticas do processo criativo no design, de modo a alcançar o ideal de promotor do bem-estar social, da beleza e da harmonia.

Design Feeling trabalha na vanguarda da arte física, do design de projeto e da ciência intuitiva com o propósito de desenvolver e expressar a profundidade do talento criativo individual e de grupo, aumentando a eficiência através da experiência sensível e da diversão do processo de design.

Através desta metodologia inovadora Design Feeling, os resultados serão facilmente reconhecidos como eficazes por todo o grupo num processo que sintetiza a abordagem subjectiva e o ajustamento objetivo para a criação de projectos inovadores que terão impacto no mundo.

Os Criadores

Giulio Vanzan

Giulio Vanzan

Giulio é ator e condutor de processos com experiência internacional. Após a graduação em Ciências da Formação e mestrados em Ciência Política e em Sociologia, dedicou a própria vida ao teatro, aprofundando nas técnicas do teatro social e do teatro de Jaques Lecoq na Escola Internacional de Criação Teatral Helikos de Florença na Itália. Criador da metodologia da “Jornada da Criação” e do “Teatro Social”. Atuou com projetos artístico-culturais na Itália, Portugal, EUA, Romênia, Bosnia e Herzegóvina, Croácia, Bolívia e em muitos estados do Brasil. Foi consultor das Nações Unidas, atua como criador e inspirador de processos poéticos para o desenvolvimento humano. No Brasil, é o co-fundador do projeto de desenvolvimento local “Células de Transformação” e criou a metodologia do Teatro Social.

Fernanda Resende

Fernanda Resende

Fernanda Resende é especialista em Comunicação e Artes com ênfase em design gráfico, pelo SENAC-SP e graduada em Propaganda e Marketing pela Escola Superior de Propaganda e Marketing – ESPM. Fundadora da Blooming Design, atua como designer gráfico e webdesigner, comunicadora e facilitadora de processos de criação e aprendizado por meio da arte. Em parceria com Giulio Vanzan, desenvolve a abordagem “Design Feeling”, que propõe uma investigação do corpo como um meio de relação e compreensão do mundo e expressão da subjetividade do indivíduo, vertendo essas experiências em processos de criação de projetos, interfaces visuais e espaços, levando o design ao seu propósito mais elevado: uma disciplina pela qual criamos o mundo que queremos.

Os objectivos do Design Feeling são:

  • Voltar a ligar as pessoas com as peculiaridades, o potencial criativo e a diversidade de possibilidades existentes no processo criativo, corpo integrador, mente, emoções e intuição
  • Criar condições para as pessoas e grupos manifestarem seus projetos em qualquer área (da arte às aplicações informáticas, do design visual ao desenvolvimento comunitário), mais ligados ao núcleo dos seus sentimentos interiores e poder de expressão
  • Acelerar o processo criativo e torná-lo mais eficaz, agradável e facilmente aberto a um consenso coletivo, para criar praticamente os resultados que tocarão os sentimentos e o interesse de potenciais clientes.

 

O processo do Design Feeling desdobra-se como uma onda pulsante, com as seguintes etapas:

  • PERGUNTA: onde sua pergunta vai ao encontro da sua urgência, do seu entusiasmo visceral
  • PERCA-SE NO SONHO POR DETRÁS DA PERGUNTA
  • A PERGUNTA MUDOU?
  • SOLTE-SE NOVAMENTENTE
  • IDEAÇÃO: a ideia chega a si, não se corre atrás dela
  • PROTÓTIPO: exercitar livremente
  • SÍNTESE: se os projetos funcionam poeticamente
  • DE VOLTA À PERGUNTA

 

O processo de Design Feeling é baseado em diversas abordagens e técnicas, tais como: teatro físico, processo de elaboração de máscaras, “design thinking”, comunicação genuína, bio-energética, wu-tao, tantra yoga e meditação, “dragon dreaming”, psicologia do processo de trabalho e no processo de sonhos seguindo a tradição xâmanica.

O método Design Feeling foi testado com êxito e implementado em muitas áreas do mundo, recebendo prémios no “The Hub School 2014” em São Paulo no Brasil, e correspondendo aos pedidos de empresários italianos nos seus processos de desenhos de projeto.